Donos de veículos automotores devem quitar o pagamento dos impostos logo no início do ano

No Estado do Rio de Janeiro, na região centro-oeste do país, se inicia em janeiro o pagamento do IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

A responsabilidade da arrecadação do imposto no Estado é da Secretaria de Estadual de Fazenda – SEFAZ RJ, e as regras são definidas pela pasta anualmente, entre os últimos meses de um ano, passando a ter vigência a partir de janeiro do ano seguinte.

São raras as mudanças adotadas entre um exercício e outro. Normalmente as datas e locais de pagamento, os descontos concedidos e as opções de pagamento seguem o que foi estabelecido no ano anterior.

O cálculo do valor a ser pago pelo IPVA Rio de Janeiro 2019 é feito com base no valor de mercado do veículo aferido pela Tabela FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. Sobre os valores da tabela incidem as alíquotas, que variam entre 1% e 4% de acordo com a categoria do veículo.

São duas as opções de pagamento oferecidas pela SEFAZ e DETRAN RJ para o IPVA 2019:

  • Cota única com desconto de 5% ou 3%.
  • Em até três vezes mensais, iguais e sucessivas, mas sem direito a descontos.

Os meses para pagamento são janeiro fevereiro e março . Recebem desconto de 5% os contribuintes que efetuam o pagamento integral até o dia 10 do mês de vencimento da primeira parcela (janeiro). O desconto será de 3% para o proprietário que quitar o débito até o dia 20 do mesmo mês.

Quem optar pelo parcelamento terá até o último dia útil de cada um dos três meses para quitar as parcelas.

O contribuinte poderá emitir a guia para pagamento do imposto no SEFAZ, no menu IPVA, Emissão de DAR Novo. Além de emitir guias para pagamento, será possível consultar débitos pendentes do veículo e os possíveis parcelamentos.

Após emitir o seu boleto para pagamento, basta se dirigir a uma agência do Banco do Brasil, Banco da Amazônia, Sicredi, Bancoob, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco, Primacredi ou Santander.

A quitação do IPVA Rio de Janeiro 2019 é um dos requisitos para licenciar o veículo. O não pagamento do imposto gera multa e juros, além de o veículo correr o risco de ser apreendido pelas blitz policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *