Têm carteira assinada? Então entenda tudo sobre o abono salarial

O Abono Salarial é o valor que equivale no máximo à um salário mínimo 2019 e que deve ser pago de acordo com o calendário anual definido pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT) aos trabalhadores que se enquadrem nos padrões previstos em lei.

Ele foi criado visando ajudar os trabalhadores que estão cadastrados no Programa de Integração Social, conhecido mais popularmente pela sigla PIS que busca a integração do empregado do setor privado com o crescimento da empresa onde exerce serviço.

Continue a leitura do artigo abaixo onde você poderá conferir quem tem direito ao Abono Salarial e veja também qual o valor do mesmo, acompanhe.

Qual o valor a que o trabalhador terá direito?

A partir do momento em que foi criada a Lei de nº 13.134/15, o valor do Abono Salarial passou a ser proporcional ao tempo de serviço exercido pelo trabalhador no ano-base em questão. Para realizar o cálculo é muito simples: o valor do benefício vai de acordo ao número de meses que foi exercido trabalho no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo válido na data de pagamento.

Para ter direito ao abono salarial é necessário que o trabalhador tenha exercido serviço em um período de no mínimo 30 dias de carteira assinada por uma empresa no ano-base. Cada mês trabalhado é equivalente a 1/12 do salário mínimo no valor do benefício, visto que o prazo igual ou maior que 12 dias contará como mês integral.

Agora que você pode conferir essas importantes informações a respeito do Abono Salarial, ficará muito mais fácil saber qual o valor e como sacar o seu benefício em uma Agência da Caixa. Em caso de maiores dúvidas, deixe o seu comentário logo abaixo para que possamos estar ajudando você a resolver o seu problema.

Regras para receber o benefício

Para ter direito ao abono salarial é necessário que o trabalhador atenda à alguns pré-requisitos que serão disponibilizados logo abaixo, portanto acompanhe para que não fique nenhum tipo de dúvida:

  • O cidadão precisa estar cadastrado no Programa de Integração Social há um período mínimo de 5 anos;
  • Deve ter exercido algum serviço remunerado para Pessoa Jurídica em um período de pelo menos 30 dias, no ano-base definido para apuração;
  • É necessário também ter seus dados informados pela Pessoa Jurídica (empregador) de forma correta na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais);
  • Precisa ter garantido uma remuneração mensal média de até dois salários mínimos ao decorrer do ano-base.

É muito importante também ficar sempre atento à tabela para poder conferir a data de recebimento do seu benefício, portanto é indispensável que o interessado fique sempre atento ao Google e esteja sempre buscando por maiores informações atualizadas.

É importante lembrar que o pagamento do Abono Salarial é da total responsabilidade da Caixa, portanto deixaremos um link da página oficial do banco para que você possa estar acessando para consultar maiores informações.

www.caixa.gov.br.

Como retirar o seu abono salarial

Para poder sacar o seu abona salarial, primeiramente o contribuinte deve consultar a tabela do PIS 2017 e dos Rendimentos do mesmo para saber qual será a data de recebimento pois ela muda de acordo com o mês do seu aniversário.

Após fazer a consulta, o próximo passo é verificar e separar a documentação necessária apresentando um documento de identificação com foto. Feito isso basta efetuar o saque do seu benefício em qualquer agência da CAIXA.

Caso você não possua o cartão do banco, você deverá apresentar um documento de identificação também em uma agência da CAIXA e ainda poderá estar solicitando o seu Cartão Cidadão e cadastrar sua senha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *